Região registra queda no número de mortes no trânsito

Dados do sistema Infosiga SP apontam diminuição de 67% no total de fatalidades em abril

Por Redação 20/05/2021 - 14:39 hs
Foto: Arquivo Jornal O Mirante

Dados do Infosiga SP, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo programa Respeito à Vida e Detran.SP, mostram que a região administrativa de Bauru registrou queda nas fatalidades de trânsito. Em abril deste ano houve 4 óbitos contra 12 em abril de 2020 (-67%). O número total de acidentes com vítimas, que incluem ocorrências não fatais, subiu 26%. Foram registradas 489 ocorrências em abril de 2021 frente a 388 no mesmo período de 2020.

 

“Melhorias da infraestrutura viária somadas ao trabalho de educação para o trânsito que desenvolvemos contribuem para que ano a ano os números de acidentes fatais sejam reduzidos”, destaca o presidente do Detran.SP, Neto Mascellani.

 

Na região administrativa de Bauru foram registrados 3 óbitos de motociclistas neste mês de abril frente a 4 no mesmo período de 2020 (-25%). Os acidentes envolvendo automóveis também tiveram queda de 80%, com 1 óbito em abril deste ano contra 5 de abril do ano passado. Não há registro de óbitos envolvendo pedestres e bicicletas em abril deste ano.

 

Estado de SP

De acordo com os novos dados do Infosiga SP, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo programa Respeito à Vida e Detran.SP, o Estado de São Paulo registrou queda de 3,8% no número de fatalidades de trânsito nos quatro primeiros meses de 2021 em comparação com o mesmo período do ano passado.

No primeiro quadrimestre de 2021 foram contabilizados 1452 óbitos por acidentes de trânsito, contra 1510 entre janeiro e abril do ano passado. Com relação aos acidentes com vítimas, houve um aumento de 4,7%, passando de 52.200 casos em 2020 para 54.648 em 2021.

 

Meios de transporte

No período, a maior redução nas fatalidades foi referente aos acidentes envolvendo ciclistas, que caíram 22,5%, de 138 em 2020 para 107 em 2021. Também se verificou uma queda significativa de 18% nos óbitos de pedestres, que passaram de 378 no ano passado para 310 em 2021. As ocorrências com ocupantes de motocicletas se mantiveram estáveis (568 em ambos os períodos) e as que abrangem passageiros de automóveis aumentaram 5,7%, de 336 em 2020 para 356 em 2021.